Museu Virtual - Cabeçalho- 27-07-2021 -1020.jpg

Seringueiras / Rondônia / Brasil

 

PROJETO: Gravar em vídeos a História local. Apoie o projeto de valorização.

 

 

Seringueiras: História Regional

 

O espaço territorial onde formou-se o município de Seringueiras foi ocupado por seringueiros desde o Primeiro Ciclo da Borracha. O látex extraído na bacia do rio São Miguel era transportado até as margens do rio em animais e seguiam em pequenas embarcações fluviais para a então localidade de Costa Marques, em viagem que durava até semana

A colonização por colonos agricultores na região do rio São Miguel, ao longo da BR 429 ocorre com ação do governo federal, através do INCRA, com a criação e implantação de projeto oficiais de colonização.

O primeiro projeto de colonização por agricultores nas margens da rodovia BR 429 foi o Projeto de Assentamento Bom Princípio (PA Bom Princípio).

Em 22 de agosto de 1983, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária - INCRA criou o PA Bom Princípio, que foi implantado nas margens do rio São Miguel, na região da BR 429. A implantação do PA Bom Princípio deu origem a um movimento migratório de colonos agricultores com destino as terras da região da bacia do rio São Miguel.

No início da demarcação das linhas e dos lotes rurais no PA Bom Princípio, ainda não existia a rodovia BR 429, havia somente uma picada (trilha) na floresta, aberta pelo serviço topográfico do projeto da BR 429, por onde os colonos andavam a pé e carregando nas costas cacaios com peso aproximado a 30 quilos, contendo mercadorias, alimentos, ferramentas, armas, munições e roupas. Os colonos precisavam tomar posse nos lotes e iniciar pequena abertura, derrubada na floresta, construir rancho, residência e assim garantir a posse da área. Nessa ocasião a BR 429 estava implantada o trecho e Presidente Médici e o então povoado de Alvorada (hoje cidade de Alvorada d’Oeste).

No Projeto de Assentamento Bom Princípio foram distribuídos --- lotes rurais, sendo um para cada família de agricultores.

A implantação do PA Bom Princípio deu origem a formação das cidades de São Miguel do Guaporé e Seringueiras, sendo que a formação da cidade de Seringueiras foi iniciada com a denominação Bom Principio.

No Projeto de Assentamento Bom Princípio o Instituo Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA demarcou e distribuiu lotes rurais de tamanho médio de 40 hectares, colonizando as terras dos atuais municípios de Seringueiras e São Miguel do Guaporé.

No ano de 1984, as máquinas que estavam fazendo a implantação da BR 429, passam por Bom Principio e chega a margem esquerda do rio São Miguel. Em 1985, ocorre a inauguração da implantação da BR 429 ligando da BR 364, na região de Presidente Médici a Costa Marques, na margem do rio Guaporé.

 

Nossa Missão é- A -.png

 

Seringueiras: Formação da Cidade

 

Com o objetivo de dar assistência aos colonos o governo do Território Federal de Rondônia implanta, através da CODARON – Companhia de Desenvolvimento Agrícola de Rondônia, um núcleo urbano de apoio rural, que foi denominado NUAR Bom Princípio, origem da formação da cidade de Seringueiras.

Para a instalação do NUAR Bom Princípio foi construído com madeira beneficiada uma estrutura que foi denominada de centro técnico administrativo – CTA, nessa estrutura foram instalados escritórios para representantes da CODARON, da EMATER, SEPLAN, Assistência Social e Saúde e mais cinco casas, sendo uma casa de transito, para pessoas funcionários de órgãos de governo que ia ao nuar realizar alguma atividade de interesse público.

Na margem da BR 429 e nas proximidades onde estão a Avenidas ------------- e --------- ocorre a construção de casas residências e de estabelecimentos comerciais.

Seringueiras, na ocasião em que era denominado Bom Princípio, primeiro pertencia ao município de Costa Marques e com a criação do município de São Miguel do Guaporé passa a fazer parte do referido município.

 

A existência de madeiras nobres atraiu indústrias madeireiras para a região, sendo que a maioria estava instalada na cidade de São Miguel do Guaporé. A economia gerada com o setor madeireiro foi influente no desenvolvimento da cidade de Seringueiras.

 

 

Seringueiras: Criação do Município

 

O município Seringueiras foi criado no dia 13 de fevereiro de 1992, pela Lei nº 370, sancionada pelo governador do Estado, Oswaldo Piana Filho.

A área para formar o território do município de Seringueiras foi desmembra dos municípios de São Miguel do Guaporé e Costa Marques.

Para administrar o município de Seringueiras, na fase inicial, o governador Oswaldo Piana nomeou, em cargo de comissão com a função de prefeito, Laurentino Caragnato, prefeito tampão.

A instalação do município de Seringueiras ocorreu no dia 1º de janeiro de 1993, com a posse dos vereadores, do prefeito e do vice prefeito, eleitos em outubro de 1992.

 

Uma curiosidade, mais que faz parte da história. O município de Seringueiras foi criado duas vezes, porém, foi instalado uma vez. Na Constituição do Estado de Rondônia, promulgada em 1989, cita no artigo ---------------- a criação de alguns municípios no estado de Rondônia, entre eles, seringueiras. O governador do estado de Rondônia, Jerônimo Santana recorreu ao STF com argumento de que o artigo era inconstitucional. Em 1991, o artigo foi excluído da Constituição.

 

Proibida reprodução - 1000.jpg

 

Prefeito Nomeado: Seringueiras

Laurentino Caragnato, prefeito tampão, período de --/--/1992 a 31/12/1992

 

 

Seringueiras: Prefeitos eleitos

 

Primeiro prefeito; Joab Nogueira da Silva, 1º de janeiro de 1993 a 31 de dezembro de 1996. Joab foi afastado do cargo, em 24 de novembro de 1995 foi empossado o vice-prefeito José Inácio dos Anjos, que também foi afastado, assumiu o presidente da Câmara Municipal, Valdivino Dias Bailão, em 9 de setembro de 1996. O vice-prefeito reassumiu e concluiu o mandato em 31 de dezembro de 1996.

Segundo prefeito; Joaquim Domingos Boaria, 1º de janeiro de 1997 a 31 de dezembro de 2000.

Terceiro prefeito; Joaquim Boaria foi eleito para um segundo mandato, 1º de janeiro de 2001 a 31 de dezembro de 2004.

Quarto prefeito; Carlos Elias Rodrigues, 1º de janeiro de 2004 a 31 de dezembro de 2008.

Quinto prefeito; Celso Luiz Garda, 1º de janeiro de 2009 a 31 de dezembro de 2012.

Sexto prefeito; Armando Bernardo da Silva, eleita em 7 de outubro de 2012 foi empossada no cargo em 1º de janeiro de 2013, concluiu o mandato em 31 de dezembro de 2016.

Sexto prefeito: Leonilde Garda, eleita em 2 de outubro de 2016 foi empossada no cargo em 1º de janeiro de 2017, concluiu o mandato no dia 31 de dezembro de 2020.

Sexto prefeito: Armando Bernardo da Silva, eleito em 4 de outubro de 2020 e empossado no cargo dia 1 º de janeiro de 2021, com mandato a ser concluído em 31 de dezembro de 2024.

 

 

Prefeitos e períodos de gestão

Inclui, prefeito eleito, vice prefeito, presidente da Câmara e todos que foram empossados no cargo de prefeito.

 

Joab Nogueira da Silva: período de 01/01/1993 a 24/11/1995; José Inácio dos Anjos: período de 24//11/1995 a --/09/1996;

Valdivino Dias Bailão: período de 9/09/1996 a 31/12/1996;

Joaquim Domingos Boaria: período de 01/01/1997 a 31/12/2000;

Joaquim Domingos Boaria: período de 01/01/2001 a 31/12/2004;

Carlos Elias Rodrigues: período de 01/01/2005 a 31/12/2008;

Celso Luiz Garda: período de 01/01/2009 a 31/12/2012;

Armando Bernardo da Silva: período de 01/01/2013 a 31/12/2016.

Leonilde Garda: período de 01/01/2017 a 31/12/2020.

Armando Bernardo da Silva: 01/01/2021 a no cargo

Nossa Missão é- A -1000.jpg

 

Seringueiras: Câmara Municipal

 

Primeira Legislatura 1993 / 1996

Vereadores que tomaram posse no dia 1º de janeiro de 1993: Lucas Soares de Oliveira, Auri Jose Lise, Danilo Ferreira Araújo, Anézio Pereira Leite, Valdivino Dias Bailão, Aprígio Honorato da Silva Filho, Juvercino Covre, Dilmair dos Santos Rodrigues e Augusto Povodeniak.

 

 

Seringueiras: História da Educação no Município

 

Texto elaborando...

 

 

 

Seringueiras: História da Saúde no Município

 

Texto elaborando...

 

 

ser-002b.jpg