Museu Virtual - Cabeçalho- 27-07-2021 -1020.jpg

Rolim de Moura / Rondônia / Brasil

 

PROJETO: Gravar em vídeos a História local. Apoie o projeto de valorização.

 

 

Rolim de Moura: História Regional

 

Concluída a implantação da BR 364, o governo federal, período Militar, realiza campanha publicitária a nível nacional com o slogan “Ocupar para não entregar”. Essa campanha desencadeia, desde o início da década de 1970, um período de grande movimento migratório de famílias procedente de diversas regiões brasileira com destino as terras de Rondônia.

Os projetos integrados de colonização (PIC) criados e em implantação não ofereciam lotes rurais de terras para todas as famílias que chegavam ao então Território Federal de Rondônia. Portanto, sempre havia mais famílias interessadas em lotes do que lotes demarcados pelo INCRA.

No ano de 1972, o INCRA criou o PIC Gy-Paraná e implantou na região de Cacoal, esse projeto de origem a formação da cidade de Cacoal. Pouco tempo depois, o INCRA criou o setor Abaitará origem da cidade de Primavera de Rondônia.

No ano de 1975, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária - INCRA implanta o setor Rolim de Moura, uma extensão do Projeto Integrado de Colonização Gy-Paraná (PIC Gy-Paraná).

A empresa de serviços topográficos, Plantop, foi contratada para realizar o serviço de topografia da linha 25, (hoje, RO 010) saindo de Pimenta Bueno, rumo ao vale do Guaporé, e também a demarcação dos lotes rurais, com área média de 100,0 hectares.

 O setor Rolim de Moura abrange a área entre o igarapé Arenito, linha 208 e a linha 140. Portanto, o INCRA, através do setor Rolim de Moura, colonizou as áreas dos atuais municípios de Rolim de Moura, Santa Luzia D'Oeste, Novo Horizonte do Oeste e parte do município de Castanheiras.  

A entrega dos primeiros lotes rurais no setor Rolim de Moura ocorreu em novembro de 1975, na linha 208. Nesse período, a linha 25, atual RO 010, foi aberta até o rio Antônio João. A partir daí, os colonos para chegarem em seus lotes rurais, andavam a pé, por um picadão, aberto na floresta, carregando cacaio nas costas, que pesava até 50 kg. Era preciso tomar conta do lote, senão o lote poderia ser considerado como abandonado, e o INCRA poderia autorizar outro colono a ocupar.

Os colonos tinham várias formas de chegarem até seus lotes: pela linha 25, passando por Pimenta Bueno, cruzavam o rio Pimenta Bueno, de balsa; saindo de Cacoal cruzavam o rio Machado, em barcos, e adentravam na selva, passavam pela linha 208; outros colonos atravessavam o rio Machado na região de Castanhal e ainda outros seguiam pela BR-364 até as proximidades do Igarapé Grande, atravessavam o rio Machado, e seguiam a pé com seus cacaios pela linha 184.

A colonização do setor de Rolim de Moura influencia a invasão nas regiões de Alta Floresta D´Oeste, Alto Alegre dos Parecis e Nova Brasilândia D'Oeste, por colonos excedentes dos vários projetos de assentamento.

No dia 13 de Julho de 1977, Expedito Rafael, executor do INCRA na região de Cacoal que inclui o setor Rolim de Moura, em viagem de vistoria, sobrevoa a linha 184, vai até cruzamento com a linha 25, local planejado para a formação do núcleo urbano do setor Rolim de Moura. Ao eterizar o Helicóptero no pátio da escola Vital Brasil, localizada no cruzamento da linha 25 com a linha 200, anuncia aos colonos que seria iniciado a formação do povoado.

Na ocasião do anuncio da formação do povoado de Rolim de Moura os serviços de terraplanagem de abertura da linha 25, estava sendo realizado entre o rio Antônio João e a linha 200.

A linha 25, atual RO 010, rodovia que liga a cidade de Rolim de Moura a cidade de Pimenta Bueno, foi aberta até o local da formação do povoado de Rolim de Moura no mês de novembro de 1977.

No dia 10 de agosto de 1977, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária - INCRA realizou a entrega dos primeiros lotes urbanos para à formação do povoado de Rolim de Moura. Na época, a linha 25*, estava aberta até o entroncamento com a linha 200, e a partir daí as pessoas para chegarem até o local planejado para a formação do povoado, andavam a pé por dentro da floresta, um total de 16 km. Portanto a estrada de acesso ao povoado de Rolim de Moura foi inaugurada 90 dias após a distribuição dos primeiros lotes urbanos.

Rolim de Moura com um ano e dois meses já era um próspero povoado, e foi visitado pela primeira vez pelo governador do então Território Federal de Rondônia, coronel Humberto da Silva Guedes. O governador foi recepcionado, em 12 de outubro de 1978, por mais de mil pessoas, em frente à escola Pereira da Silva.

Na ocasião da visita o governador autoriza a construção de novas instalações para a escola Pereira da Silva e promete abrir a linha 208, da localidade de Jabuti, atual vila Nova Estrela até a cidade de Cacoal.

 

Nossa Missão é, A - 1000.jpg

 

Rolim de Moura: Criação do município

 

O município Rolim de Moura foi criado em 5 de agosto de 1983, pelo Decreto-Lei nº 071, sancionado pelo governador do estado de Rondônia, coronel Jorge Teixeira de Oliveira. O município foi instalado no dia 28 de dezembro de 1984, com a posse dos vereadores, do prefeito e do vice-prefeito, eleitos em 15 de novembro de 1984.

Para administrar o município, na fase inicial, o governador Jorge Teixeira nomeou em cargo de comissão com a função de prefeito Adegildo Arestides Ferreira, que administrou o município até o dia 28 de dezembro de 1984.

O topônimo do município originou se no projeto que colonizou a região e o nome do projeto foi dado em homenagem ao primeiro governador da capitania de Mato Grosso, Antônio Rolim de Moura Tavares, 1751-1764.

O território do município Rolim de Moura, na ocasião de sua criação e instalação, abrangia os atuais municípios de Novo Horizonte do Oeste, Santa Luzia d’Oeste e Castanheiras.

A parte do território do município Rolim de Moura para formar o município de Santa Luzia d’Oeste foi desmembrada em 1986 e as áreas que formaram os municípios de Novo Horizonte do Oeste e Castanheiras foram desmembradas em 1992.

 

 

Prefeito Nomeado

Adegildo Arestides Ferreira: de – de ----------- de a 28 de dezembro de 1984.

 

 

Prefeitos eleitos

 

Primeiro prefeito, Valdir Raupp de Mattos, eleito em 9 de dezembro de 1984 foi empossado no cargo em 28 de dezembro do mesmo ano, concluiu o mandato em 31 de dezembro de 1988.

Segundo prefeito, José Joacil Guimarães, eleito em 15 de novembro de 1988 foi empossado no cargo em 1º de janeiro de 1989, concluiu o mandato em 31 de dezembro de 1992.

Terceiro prefeito, Valdir Raupp de Mattos, eleito em 4 de outubro de 1992, para o segundo mandato, foi empossado no cargo, em 1º de janeiro de 1993. Valdir Raupp renunciou o vice-prefeito João Batista Dias, concluiu o mandato em 31 de dezembro de 1996.

Quarto prefeito, Ivo Narciso Cassol, eleito em 6 de outubro de 1996 foi empossado no cargo em 1º de janeiro de 1997, concluiu o mandato em 31 de dezembro de 2000.

Quinto prefeito, Ivo Narciso Cassol, eleito em 1º de outubro de 2000, para o segundo mandato, foi empossado no cargo em 1º de janeiro de 2001. Ivo renunciou o vice-prefeito Sebastião Dias Ferraz (Tião Serraia) concluiu o mandato em 31 de dezembro de 2004.

Sexto prefeito, Mileni Cristina Benetti Mota, eleita em 3 de outubro de 2004 foi empossada no cargo em 1º de janeiro de 2005, concluiu o mandato em 31 de dezembro de 2008.

Sétimo prefeito, Sebastião Dias Ferraz (Tião Serraia), eleito em 2008, tomou posse em 1º de janeiro de 2009, concluiu a gestão em 31 de janeiro de 2012.

Oitavo prefeito, Cesar Cassol eleito 7 de outubro de 2012, tomou posse em 1º de janeiro de 2013. Cesar Cassol renunciou ao cargo, assumiu o vice prefeito Luiz Ademir Schock (Luizão do Trento) que concluiu o mandato dia 31 de dezembro de 2016.

Sétimo prefeito: Luiz Ademir Schock (Luizão do Trento) eleito em 2008, tomou posse em 1º de janeiro de 2009. Luizão foi preso em 25 de setembro de 2020 e afastado do cargo. Assumiu ----- e concluiu o mandato no dia 31 de dezembro de 2020.

Oitavo prefeito: Aldair Júlio Pereira (Aldo Júlio) eleito em 4 de outubro de 2020 e empossado no cargo dia 1 º de janeiro de 2021, com mandato a ser concluído em 31 de dezembro de 2024.

 

 

 

Prefeitos e período de gestão

Inclui, prefeito eleito, vice prefeito e presidente da Câmara, empossado no cargo de prefeito.

 

Valdir Raupp de Mattos: período 1º/01/1985 a 31/12/1988;

José Joacil Guimarães: período de 1º/01/1989 a 31/12/1992;

Valdir Raupp de Mattos: período de 1º/01/1993 a --/--/1994;

João Batista Dias: período de --/--/1994 a 31/12/1996;

Ivo Narciso Cassol: período de 1º/01/1997 a 31/12/2000;

Ivo Narciso Cassol: período de 1º/01/2001 a --/--/2002;

Sebastião Dias Ferraz (Tião Serraia): período de --/--/2002 a 31/12/2004;

Mileni Cristina Benetti Mota: período de 1º/01/2005 a 31/12/2008;

Sebastião Dias Ferraz (Tião Serraia): período de 1º/01/2009 a 31/12/2012;

Cesar Cassol: período de 1º/01/2013 a --/--/----;

Luiz Ademir Schock (Luizão do Trento): período de --/--/---- a 31/12/2016;

Luiz Ademir Schock (Luizão do Trento): período de 1º/01/2009 a 25 de setembro de 2020.

Ver nome -------------------------------- de 25/9/ 2020 a 31/12/2020.

Aldair Júlio Pereira: período de 1º/01/2021 a no cargo.

 

 

Rolim de Moura: Câmara Municipal

 

O Poder Legislativo do município foi instalado em 28 de dezembro de 1984, com a posse dos vereadores eleitos em 15 de novembro de 1984.

 

Mais texto sendo elaborado

 

 

Rolim de Moura: Comarca de Rolim de Moura, História

 

A Comarca de Rolim de Moura foi criada pela Lei nº 43, de 10 de dezembro de 1983, e instalada em 12 de janeiro de 1984, com a categoria de primeira entrância e jurisdição que abrangia os municípios de Rolim de Moura, Novo Horizonte do Oeste, Nova Brasilândia d'Oeste, Santa Luzia d'Oeste e Castanheiras. Em 09 de setembro de 1986 foi elevada à categoria de segunda entrância. Foi instalada em 22 de outubro de 1999 a 2ª Vara Cível e em 12 de agosto de 2004 a Vara dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais. A jurisdição abrange, atualmente, o município de Rolim de Moura.

Atualmente a Comarca de Rolim de Moura abrange os municípios de Rolim de Moura, Novo Horizonte do Oeste e Castanheiras.

 

 

Texto sendo elaborado

 

 

 

 

Rolim de Moura: História da Educação no Município

 

 

Texto sendo elaborado

 

 

 

Rolim de Moura: História da Saúde no Município

 

 

 

Texto sendo elaborado

 

rm-005a.jpg