Museu Virtual - Cabeçalho- 27-07-2021 -1020.jpg

Ouro Preto do Oeste / Rondônia / Brasil

 

PROJETO: Gravar em vídeos a História local. Apoie o projeto de valorização.

 

 

Ouro Preto do Oeste - História

 

O povoamento da região onde formou se o município de Ouro Preto do Oeste teve início no final do século XIX, no Primeiro Ciclo da Borracha. Na época, o único meio de transporte dos habitantes era o fluvial, embarcações transportando seringalistas, seringueiros e mercadorias subiam o rio Machado ou Jiparaná com destino aos diversos seringais ou a colocação de seringueiros isolados na floresta e desciam carregados com látex.

Na década de 1960 o presidente Juscelino Kubitschek realizou a abertura da então BR 29, atual BR 364, ligando Rondônia ao Centro Oeste do País. A abertura da rodovia gera o início de um movimento migratório com destino às terras de Rondônia.

Em 1970, o governo federal resolve iniciar a colonização das terras do Território Federal de Rondônia e passou a implantar, através do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária - INCRA, projetos oficiais de colonização.

O primeiro projeto integrado de colonização (PIC Ouro Preto) foi criado em 19 de junho de 1970 e implantado na região de Ouro Preto do Oeste. Esse projeto assentou 5.162 famílias, cada qual em uma área de 100 hectares. Nesse projeto a previsão era de assentar apenas mil famílias.

A implantação do PIC Ouro Preto deu origem as cidades de Ouro Preto do Oeste, Nova União, Teixeirópolis, Vale do Paraíso, foi importante para o surgimento das cidades de Urupá e Mirante da Serra e foi de grande importância para o desenvolvimento da cidade de Ji-Paraná.

 

 

Formação da cidade de Ouro Preto do Oeste

 

No do ano de 1970, o agrônomo Assis Canuto instalou a sede administrativa do Projeto Integrado de Colonização Ouro Preto, mais conhecido pela sigla PIC Ouro Preto. Na ocasião foram construídas instalações para a sede regional do INCRA, alojamento para técnicos, engenheiros e outros funcionários.

A implantação da sede regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária - INCRA visava somente colonizar a região, demarcar e distribuir lotes rurais e dar assistência aos colonos que estava sendo assentados nos lotes distribuídos pelo órgão no projeto, portanto, não havia sido planejada a formação de uma cidade. Porém a região passou a ser movimentada com a chegada diária de dezena de famílias de colonos.

Na margem da BR 364, em frente a sede do INCRA, no início de 1971, Agenor Mumbuca, Inácio Venâncio, José (Juquita), José Amaral (conhecido por Duroque), instalaram pequenos comércios ou mercearias. No final do ano o INCRA distribuiu áreas próximas a três coqueiros e solicitou a transferências dos comércios para à nova área.

No local, que ficou denominado de Três Coqueiros, (hoje Praça dos Três Coqueiros) foram instalados os primeiros comércios de Ouro Preto do Oeste, eram comerciantes Agenor Mumbuca, Inácio Venâncio, José (conhecido por Juquita), José Amaral, Maria Mota (onde era agência de ônibus da empresa Viação Mota), restaurante Paca Assada (conhecido por esse nome por servir carnes de animais silvestres).

No ano de 1974, Inácio Venâncio e Edivaldo Alves de Andrade (conhecido por Tezinho), em sociedade instalaram a primeira loja de confecções (Bazar São João). Posteriormente Tezinho instalou o Bazar Andrade.

Em 1975, José Sobsaque instalou o primeiro mercado (Mercado Paraná), Pedro Gil instalou o Armazém Amazonas, posteriormente a Triangulina, com sede em Vila Rondônia (atual cidade de Ji-Paraná) instalou uma filial, foi o maior mercado por um longo período.

 

 

Criação do Município de Ouro Preto do Oeste

 

O município de Ouro Preto do Oeste foi criado pela Lei nº 6.921, em 16 de junho de 1981, sancionado pelo presidente João Baptista Figueiredo.

A instalação do município de Ouro Preto do Oeste ocorreu em 1º fevereiro de 1983, com a posse dos primeiros vereadores, do primeiro prefeito eleito e do vice-prefeito.

Para administrar o município de Ouro Preto do Oeste, na fase inicial, o governador do Território Federal de Rondônia, coronel Jorge Teixeira de Oliveira nomeou Airton Casales.

 

Governo do Estado de Rondônia implanta na região de Ouro Preto do Oeste diversos núcleos urbanos de apoio rural (NUAR e hoje cidade: Vale do Paraíso, Teixeirópolis e Nova União). Na mesma ocasião iniciaram a formação das cidades de Mirante da Serra e Urupá.

 

 

Prefeitos nomeados (tampão)

 

Airton Casales: de ---- de ----------------- de 1981 a 31/01/1983.

 

 

Prefeitos Eleitos

 

Primeiro prefeito, Expedito Rafael, eleito em 15 de novembro de 1982 foi empossado no cargo em 1º de fevereiro de 1983 a 1988.

Segundo prefeito, Joselita Araújo da Silva, eleito em 15 de novembro de 1988 foi empossado no cargo em 1º de fevereiro de 1989 a 1992.

Terceiro prefeito, Agmar Piau, eleito em 4 de outubro de 1992 foi empossado no cargo em 1º de janeiro de 1993. Piau faleceu, foi empossado o vice-prefeito, Zim Arabau, que concluiu o mandato em 31 de dezembro de 1996.

Quarto prefeito, Carlos Magno Ramos, eleito em 6 de outubro de 1996 foi empossado no cargo em 1º de janeiro de 1997 a 2000.

Quinto prefeito, Carlos Magno Ramos, reeleito em 1º de outubro de 2000 foi empossado no cargo, para o segundo mandato, em 1º de janeiro de 2001 a 2004.

Sexto prefeito, Irandir Oliveira Souza, eleito em 3 de outubro de 2004 foi empossado no cargo em 1º de janeiro de 2005. Irandir foi afastado do cargo, tomou posse o vice-prefeito, Bráz Resende, concluiu o mandato em 31 de dezembro de 2008.

Sétimo prefeito, Juan Alex Testoni, eleito em 5 de outubro de 2008 foi empossado no cargo em 1º de janeiro de 2009, concluiu o mandato dia 31 de dezembro de 2012.

 

Oitavo prefeito: Juan Alex Testoni, eleito em 7 de outubro de 2012 para um segundo mandato, foi empossado no cargo em 1º de janeiro de 2013. No dia 3 de dezembro de 2014, Alex Testoni foi preso e afastado do cargo, assumiu o vice prefeito Joselita Araújo da Silva. Alex Testoni reassumiu 20 de agosto de 2015 e concluiu o mandato dia 31 de dezembro de 2016.

Nono prefeito, Vagno Gonçalves Barros, eleito em 2 de outubro de 2016 foi empossado no cargo em 1º de janeiro de 2017, concluiu o mandato no dia 31 de dezembro de 2020.

Décimo prefeito: Juan Alex Testoni, eleito para um terceiro mandato em 4 de outubro de 2020 e empossado no cargo dia 1 º de janeiro de 2021, com mandato a ser concluído em 31 de dezembro de 2024.

 

 

Poder Legislativo

 

O Poder Legislativo do Município de Ouro Preto do Oeste foi instalado no dia 1º de fevereiro de 1983, com a posse dos vereadores eleitos nas eleições de 15 de novembro de 1982.

Na primeira legislatura a Câmara Municipal de Ouro Preto do Oeste era composto com quinze vereadores. Atualmente é composto por dez vereadores.

 

Proibida reprodução - 1000.jpg

 

Comarca de Ouro Preto do Oeste

 

A Comarca de Ouro Preto do Oeste, atualmente de segunda entrância, foi criada pelo art. 158 do Decreto-Lei nº 008/82 e instalada em 28 de junho de 1982, na categoria de entrância inicial, com jurisdição que abrange os atuais municípios de Nova União, Mirante da Serra, Teixeirópolis e Vale do Paraíso. No dia 20 de agosto de 2004 foi instalada a Vara dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais e um posto avançado da Justiça Rápida, na cidade de Mirante da Serra.

 

Mais texto em fase de elaboração.

 

 

História da Educação no Município de Ouro Preto do Oeste

 

Texto em fase de elaboração.

op-0011.jpg