Museu Virtual - Cabeçalho- 27-07-2021 -1020.jpg

Ji-Paraná / Rondônia / Brasil

 

PROJETO: Gravar em vídeos a História local. Apoie o projeto de valorização.

 

 

Ji-Paraná: História Regional

 

Os primeiros habitantes da área onde se formou o município Ji-Paraná foram os povos da floresta denominados de Urupá.

A partir de 1877, retirantes nordestinos, fugindo da seca e a procura de trabalho nos seringais subiram os rios Amazonas, Madeira, Machado ou Jiparaná dando início à formação de vários povoados, entre eles: Dois de Novembro, Tabajara, Urupá (atual cidade de Ji-Paraná) e Pimenta Bueno. Por volta de 1883, frei Iluminato era administrador das margens do rio Machado.

No período de aproximadamente 1890 e 1960, barcos e gaiolas subiam o rio Machado ou Jiparaná transportando seringueiros, gêneros alimentícios, ferramentas e munições para abastecer os muitos seringais existentes nas margens e nos afluentes desse rio, e desciam carregados com látex.

A navegação no rio Machado ou Jiparaná era dividida em três percursos. Portanto, entre a foz e a cachoeira Dois de Novembro o transporte era feito por embarcações a vapor de grande e Médio porte, sendo que a maioria delas era procedente das cidades de Manaus e Belém; o percurso entre a cachoeira Dois de Novembro e a cachoeira de Tabajara, o transporte era feito em lombo de animais, porque naquele trecho o rio Machado ou Jiparaná é encachoeirado; a partir da cachoeira de Tabajara até as nascentes, o transporte era feito em embarcações de médio e pequeno porte.

Entre 1907 e 1915, ocorreu a instalação das linhas telegráficas ligando Santo Antônio do Rio Madeira (hoje Porto Velho) com a cidade de Cuiabá, capital de Mato Grosso. Na margem esquerda do rio Machado ou Jiparaná foi construído uma estação telegráfica e foi denominada Afonso Pena.

 

Ji-Paraná: Formação da cidade

 

A formação da cidade de Ji-Paraná teve início com um núcleo de povoamento de seringueiros nas proximidades da foz do rio Urupá, no rio Machado, entre o final do século XIX e início do século XX, com o nome Urupá, em homenagem ao povo da floresta que habitavam a região.

Na ocasião da instalação das Linhas Telegráficas e a construção e instalação do posto dos telégrafos Afonso Pena (1914) a localidade passou a ser denominada pelo nome da estação, ou seja Afonso Pena.

A economia da região era da extração de látex e a desvalorização do preço do látex no mercado internacional ocasionou um abandono da região pelos habitantes, seringalistas e seringueiros. Na década de 1940 surge o garimpo de diamantes no leito do rio Machado e um novo movimento migrantes promove o reinicio do povoamento.

No ano de 1943, período do Segundo Ciclo da Borracha, foi criado o Território Federal do Guaporé, hoje estado de Rondônia, e em 1945 o presidente Getúlio Vargas criou o distrito Rondônia e o então povoado Afonso Pena foi elevado à categoria de vila e recebeu a denominação Rondônia, assim ficou popularmente conhecida por Vila de Rondônia.

Com a implantação da BR 364, na década de 1960 e a implantação de projetos oficiais de colonização na região ocasionou o desenvolvimento da Vila Rondônia.

A partir do início da colonização agrícola Vila Rondônia, por estar situada às margens da BR 364 e pela rodovia região mais ao centro de Rondônia teve vantagem para o seu desenvolvimento.

De 1944 a 1945 a margem esquerda do rio Machado era limites do território do município de Porto Velho e entre 1945 a 1977 toda a bacia do rio Machado era território do município Porto Velho.

 

Administradores do distrito Rondônia

Abel Neves

 

 

Ji-Paraná: Criação do município

 

O município Ji-Paraná foi criado pela Lei (federal) nº. 6.448, em 11 de outubro de 1977, sancionado pelo presidente general Ernesto Geisel. A então Vila Rondônia foi elevada à categoria de cidade com a denominação Ji-Paraná.

Para administrar o município o governador do Território Federal de Rondônia, coronel Humberto da Silva Guedes nomeou Valter Bartolo, que foi substituído por Nunoi Itisumi, Assis Canuto e Manoel Lamego.

O Município Ji-Paraná foi instalado em 1º de fevereiro de 1983, com a posse dos vereadores, do prefeito e do vice-prefeito, eleitos em 15 de novembro de 1982, conforme determinou a Lei 6.448/1977 que criou o município. Porém, antes da posse dos primeiros vereadores, do primeiro prefeito eleito e do vice-prefeito, o município Ji-Paraná foi considerado instalado em 22 de novembro de 1977 com a posse de Valter Bartolo, prefeito nomeado pelo governador do Território Federal de Rondônia, Humberto da Silva Guedes, o que contraria a lei federal.

 

 

 

Prefeitos Nomeados

 

Valter Bartolo: 22 de novembro de 1977 a – de -------------- de 1978.

Nunoi Itisumi: de 23 de Abril de 1978 a ---- de ----------- de 1979.

Assis Canuto: 15 de Fevereiro de 1979 a ---- de ----------- de 1982.

Manoel Lamego: ---- de ----------- de 1982 a 31 de janeiro de 1983.

 

 

Prefeitos eleitos

 

Primeiro prefeito: Roberto Jotão Geraldo, eleito em 15 de novembro de 1982 foi empossado no cargo no dia 1º de fevereiro de 1983, concluiu o mandato no dia 31 de dezembro de 1988. Foi afastado do cargo por diversas vezes.

 

Segundo prefeito: José de Abreu Bianco, eleito em 15 de novembro de 1988 foi empossado no cargo no dia 1º de janeiro de 1989, concluiu o mandato no dia 31 de dezembro de 1992.

 

Terceiro prefeito: Jair Ramires, eleito em 4 de outubro de 1992 foi empossado no cargo no dia 1993, concluiu o mandato no dia 31 de dezembro de 1996.

 

Quarto prefeito: Ildemar Kussler, eleito em 6 de outubro de 1996 foi empossado no cargo no dia 1º de janeiro de 1997, concluiu o mandato no dia 31 de dezembro de 2000.

 

Quinto prefeito: Acir Marcos Gurgacz, eleito em 1º de outubro de 2000 foi empossado no cargo no dia 1º de janeiro de 2001, renunciou o cargo em 2002, tomou posse o vice-prefeito Leonirto Rodrigues dos Santos (Dr. Nico) concluiu o mandato em 31 de dezembro de 2004.

 

Sexto prefeito: José de Abreu Bianco, eleito em 3 de outubro de 2004 foi empossado no cargo no dia 1º de janeiro de 2005, concluiu o mandato no dia 31 de dezembro de 2008.

 

Sétimo prefeito: José de Abreu Bianco, eleito em 5 de outubro de 2008 para uma segunda gestão, foi empossado no cargo dia 1º de janeiro de 2009, concluiu o mandato no dia 31 de dezembro de 2012.

 

Oitavo prefeito: Jesualdo Pires Ferreira Junior, eleito em 7 de outubro de 2012, empossado no cargo em 1º de janeiro de 2013, concluiu o mandato no dia 31 de dezembro de 2016.

 

Nono prefeito: Jesualdo Pires Ferreira Junior, eleito para um segundo mandato em 2 de outubro de 2016, foi empossado em 1º de janeiro de 2017. Jesualdo renunciou ao cargo em 6 de abril de 2018, o vice prefeito Marcito Pinto assumiu e concluiu o mandato no dia 31 de dezembro de 2020.

Décimo prefeito: Isaú Raimundo da Fonseca (Isaú Fonseca) eleito em 4 de outubro de 2020 e empossado no cargo dia 1 º de janeiro de 2021, com mandato a ser concluído em 31 de dezembro de 2024.

 

 

Prefeitos e período de gestão

Aqui, inclui prefeitos eleitos, vice prefeito e presidente da Câmara empossado no cargo de prefeito.

 

Roberto Jotão Geraldo: período de 1º02/1983 a 3112/1988;

José de Abreu Bianco: período de 1º/01/1989 a 31/12/1992;

Jair Ramires: período de 1993 a 31/12/1996;

Ildemar Kussler: período de 1º/01/1997 a 31/12/2000;

Acir Marcos Gurgacz: período de 1º/01/2001 a --/--/2002;

Leonirto Rodrigues dos Santos (Dr. Nico): período de ---/--/2002 a 31/12/2002;

José de Abreu Bianco: período de 1º/01/2005 a 31/12/2008;

José de Abreu Bianco: período de 1º/01/2009 a 31/12/2012;

Jesualdo Pires Ferreira Junior: período de 1º/01/2013 a 31/12/2016;

Jesualdo Pires Ferreira Junior: período de 1º/01/2017 a --/--/2018;

----------------- Vice -------------: período de --/--/ 2018 a 31/12/2020.

Isaú Raimundo da Fonseca:  período de 1º/01/2021 a no cargo.

 

 

Ji-Paraná: Câmara Municipa

 

Antes da criação do município Ji-Paraná, a região então denominada vila Rondônia elegeu, em 1976, três vereadores para a Câmara Municipal de Porto Velho, que na época era a capital do Território Federal de Rondônia, hoje estado.

Os primeiros vereadores do município Ji-Paraná foram eleitos em 15 de novembro de 1982 e empossados no cargo em 1º de fevereiro de 1983. Com a posse dos vereadores ocorreu, também, a instalação da Câmara Municipal Ji-Paraná.

As primeiras eleições municipais em Ji-Paraná foram realizadas em 15 de novembro de1982.

 

 

Ji-Paraná: História da Comarca de Ji-Paraná

 

A Comarca de Ji-Paraná* foi instalada em 9 de março de 1981, com categoria de entrância inicial, e pertencia à jurisdição do Poder Judiciário do Distrito Federal e Territórios. Após a criação do Estado e do TJ/RO foi criada pelo art. 156 do Decreto-Lei nº 008/82, em 25 de janeiro de 1982, com duas Varas Cíveis e uma Vara Criminal, categoria de segunda entrância. Em 17 de maio de 1996, foi instalada a terceira Vara Criminal, e em 17 de dezembro de 2003, foi instalada a Vara do Juizado Especial Cível e Criminal. No dia 9 de dezembro de 2005, à comarca foi elevada à categoria de terceira entrância.

 

 

Ji-Paraná: História da Educação no Município

 

 

 

Texto em fase de edição -------------------

 

 

 

 

 

Ji-Paraná: História da Saúde no Município

 

 

 

Texto em fase de edição -------------------

0001.jpg

 

 

Estamos gravando diversos vídeos com a História de Ji-Paraná.

Publicação a partir de outubro de 2020. Você vai gostar da novidade.